Eduardo

Lilypie Fifth Birthday tickers

Rodrigo

Lilypie Second Birthday tickers

22 de ago de 2010

Sorriso! 2 Meses!!!

Rodrigo está sorrindo pra nós! Que delícia! Já fazem uns 15 dias. Chego perto começo a sorrir e ele abre um sorrisão de volta. Ri com os olhos! Ri pra mim, pro Dudu, pra vovó, pra Bisa, pro papai!!! É lindo, lindo!!! Quer conversar também. Abre a boca, mexe com a língua, mexe as mãozinhas e bate os pés. Faz tanto esforço, engole tanto ar, que acaba soluçando! Boas notícias: Dorme praticamente a noite toda e mais algumas horinhas pela manhã depois de mamar. Ele está fofo! Hoje comemoramos seu segundo mêsversário!!! Parabéns meu filhinho lindo! Que Deus continue te abençoando sempre e que o Anjo da Guarda te proteja!!!

21 de ago de 2010

Brincando com a vovó Tucha

Dudu e vovó Tucha estavam brincando de piratas. Cada um com sua espada, a maior diversão. Eduardo vê um jacaré e vai matá-lo. Depois de muita "espadada", muito pulo, muita queda, ele se vira para avó, todo ofegante e diz: "Nossa! Que lutação difícil!

Letra e música

Hoje eu derreti. Estava na cozinha tomando café quando Dudu me abraçou e começou a cantar uma canção inventada por ele: "Mamãe queridinha, meu amor, dá seu amor pra mim..."! Abracei e beijei muito!!!!

17 de ago de 2010

Casamento

- Você casou com meu pai? - Casei. - Por que? - Porque eu amo ele. - Eu vou casar com a minha Laura S. (colega da escola desde o berçário). - É mesmo filho? - É. Vou casar de gravata preta. De "novio" e ela é minha "novia".

1 de ago de 2010

Elocubrações sobre a morte

Eduardo viu na casa da avó paterna uma fotodo poddle do Daniel, o Max, que morreu quando Dudu tinha por volta de 1 ano. Ele nos perguntou quem era, obviamente não se lembra do cachorro, mas o adorava. Perguntou onde o Max estava e nós respondemos que ele havia morrido, que estava com o Papai do Céu, etc, etc. Perguntou por que ele havia morrido e nós respondemos que era porque o Max estava velhinho. "Igual a Bisa, mamãe?". Respondi que sim. Para constar, a Bisa está bem velhinha, mas bem viva. Daí ele veio com a máxima: "Ontem, quando eu era bem velhinho, eu morrei." E encerrou o assunto.