Eduardo

Lilypie Fifth Birthday tickers

Rodrigo

Lilypie Second Birthday tickers

29 de jan de 2010

Viagem pra São Paulo

No último final de semana fomos a São Paulo. Vovô Chico e tia Carol moram lá e você ainda não conhecia a casa deles. Mamãe trabalha aos sábados, então fica difícil viajar nos finais de semana. Foi sua primeira viagem de avião!!! Filho, você simplesmente AMOU!!!! Curtiu todos os momnetos. Desde a ida para o aeroporto no "loniblus" até a viagem em si. não deu um pingo de trabalho. Não chorou, pôs o cinto numa boa, não quis ficar em pé, se comportou como sempre, com muita educação. Deixou o papai todo orgulhoso e a mamãe toda babada. Na casa do vovô você deu um show à parte. Não mexeu em nada, guardava seus brinquedo e suas roupas, levava a mamadeira para pia depois de tomar o leite. Ia para o quarto do vovô pela manhã para acordá-lo com um beijo. Se enroscava nele e ficavam os dois na maior preguiça. Depois perguntava pela tia Calol e fazia a mesma coisa. Fomos a restaurantes todos os dias. Você ficava lindo, brincando com seus carrinhos, participando das nossas conversas, uma delícia de se ver! Visitamos o Ibirapuera (ainda não consegui entender direito como você pronuncia o nome do parque), vimos os cisnes, os peixes, os marrecos, um monte de avião no céu, helicópteros... Você olhava pra gente e perguntava: "Pode correr?". E depois do nosso concentimento, corria. Ficou tão cansado que voltou pra casa do vovô no colo do papai. Fomos na pracinha que tem perto da casa do vovô. Você adorou!!! Brincou tanto que pediu pra ir embora. Pena que o final de semana passa rápido. À noite pegamos o avião de volta pra nossa casa. Na hora em que entramos na sala de embarque você fez tia Carol chorar. Você estava no meu colo. Olhou pra trás, abriu um sorrisão pra sua tia e estendeu os braços para os lados fazendo pose de avião!
Quando o avião pousou você pôde conhecer a cabine do piloto e ficou impressionado. Agora conta pra todo mundo que o avião faz balulão quando a roda bate no chão, que coore muito pra voar. Que o avião voa porque tem asa. O Dudu não voa. Foi tão bom!!! Você é lindo filhote!!! Parabéns!!!! Mamãe te ama!!!

19 de jan de 2010

Picolé

Neste calor infernal nada melhor do que um picolé para refrescar. Lá estavamos nós, mamãe, vovó Tucha e Dudu, cada um com seu picolé. De repente começa a ladainha: - Mamãe, eu "libi" meu "colé"! - É mesmo filho, que delícia, não é? - É. Delicioso. "Libi" o seu. Olhou pra vovó: - Vovó, eu "libei". Você "libou"? Vovó responde dando gargalhadas: - Lambi Dudu. Quando o picolé dele acabou soltou um esfusianate: - Ó! Dudu "libou" tudo! Acabou meu picolé. E de "libada" em "libada" os picolés acabaram e sobrou um Dudu com os braços e boca melados de chocolate e com mais uma palavra "inventada" no seu extenso vocabulário de 2 anos e 4 meses.

12 de jan de 2010

Bate papo

Tia Nanda: "Quem é que está na barriga da mamãe?"
Eduardo: "Meu irmão."
Tia Nanda: "Como ele chama?"
Eduardo: "Rodliglo."
Tia Nanda: "Você vai ajudar a mamãe tomar conta dele?"
Eduardo: "Eu vou, a bisa não."
A conversa aconteceu na piscina do clube com o Eduardo molhando as mãos na água e passando nas pernas da tia Nanda. Segundo ele, "Dudu tá fazendo massagem!". Ninguém merece.

6 de jan de 2010

Praia

Em Fevereiro vamos viajar para Maragogi, eu, seu pai e você! Não vejo a hora do dia chegar. sei que você irá AMAR!!!!

O mais engraçado é que já venho falando o nome da praia pra você há algum tempo e ainda não consegui identificar a maneira que você pronuncia. De qualquer forma é muito lindo!

Hoje estávamos com a vovó Tucha e eu comecei:

- Fala pra vovó pra que praia a gente vai.

Silência da sua parte.

Tentei ajudar:

- É Mara...

E você completou:

-viloso!

~Como sempre a gente se acabou de tanto rir

4 de jan de 2010

Rodliglo e outras histórias

É assim que voc chama seu irmão, "Rodliglo". Tão complicado...
Ontem você falou para mim e para seu pai que o Rodliglo está na sua barriga também e depois estufou o barrigão dizendo: "aqui ó!".
Dudu, você está cada vez mais lindo e nos surpreendendo a cada dia. No Natal, pra cada presente que ganhava do papai Noel, gritava para a janela, olhando para o céu: "Bigado Papai Noel!!!!" Até os visinhos ficaram encantados com seus agradecimentos.
No Ano Novo deu adeus para 2009 e gritou a plenos pulmões "Feliz 2010!!!!". Depois com a cara mais séria do mundo perguntou: "Cadê 2010?". Ficamos sem respostas.
Então, meu amor, te desejo um ano maravilhoso, cheio de alegrias, de saúde e de muito amor e paz. Obrigada por iluminar nossos dias com sua presença carinhosa, e com seus sorrisos deliciosos. Você me encanta e me emociona cada vez mais!
Hoje, mais do que nunca, entendo o que é AMOR DE MÃE. Ele não cabe dentro de nós. É uma explosão de sentimentos e de uma certeza de que, sem você minha vida não faria sentido! Obrigada por existir na minha vida, por ter me "escolhido" para ser sua mãe!!! Te amo mais do que tudo!