Eduardo

Lilypie Fifth Birthday tickers

Rodrigo

Lilypie Second Birthday tickers

13 de mar de 2012

tipos bem diferentes

Incrível como esses dois podem ser tão diferentes! Eduardo como a mesma coisa desde que introduzi a comida na sua vida: arroz, feijão, purê e carne para almoço ou jantar e pão de forma com requeijão e toddy para café da manhã, lanche. Já Rodrigo come tudo que a gente oferece. Adora todas as frutas, adora angú, adora farofa e verduras, legumes, salgados, até pedra.
Eduardo está com mania de desfilar pelado pela casa, ou só de cueca, ou só de short de pijama. Impressionante. Outro dia deixei que ele almoçasse assistindo tv.Quando ele desceu as escadas para me entregar o prato estava competamente nú! Perguntei se ele havia amoçado pelado e ele respondeu que sim, que estava com muito calor. Ainda bem que não temos visinhos.
Já Rodrigo cismou que quer se vestir como o pai. Com camisa de botão, segundo ele. O problma é que ele tem apenas 4 camisas e não as tira para nada. Dorme de camisa, brinca de camisa e chora quando não tem camisa pois estão lavando. Um verdadeiro caos.
No mais, estão brincando juntos e é a coisa mais linda de se ver. Eles se divertem, não brigam e Rodrigo imita TUDO o que o Eduardo faz. Só não fica pelado, ainda!

12 de mar de 2012

Pi amo

Tem coisa mais linda que estar deitada com uma criança de 1 ano e 8 meses, fazendo ela dormir e de repente sentir a mãozinha dela no seu rosto, ver aqueles olhinhos mais meigos e ouvir pela primeira vez: "Mamã, pi amo". LINDO, LINDO, LINDO!!!!! Depois de alguns dias a gente fica escondida vendo os irmão brincarem, ouvindo as gargalhadas dos dois e de repente o pequeno se vira para oirmão mais velho e diz: "Dudu! Pi amo!" e o Dudu responde: "Te amo também, você é meu irmão pavorito!" É de desmaiar de emoção! E o pior que me aconteceu esse mês foi ver a minha sogra bater no Rodrigo (o caçula), porque ele puxou o cabelo do Eduardo (2 anos e 10 meses mais velho), e ainda por cima na MINHA FRENTE. Achar que estava certa ao fazer isso, não pedir desculpas e ainda por cima dizer para o meu marido - eu escutei - que eu estava envenenando ele contra ela! É o cúmulo!!! Pronto desabafei!