Eduardo

Lilypie Fifth Birthday tickers

Rodrigo

Lilypie Second Birthday tickers

31 de ago de 2009

Parabéns pra você!!!!!!

Final de semana cheio! Começou na sexta feira com o aniversário de 30 anos de uma grande amiga e terminou ontem com o aniversário de 2 anos do meu Dudu!!!! No meio tivemos o noivado da minha irmã com meu queridíssimo cunhado!!!
Dudu fez aniversário dia 29 de agosto mas comemoramos e grande estilo ontem! a festa foi linda e Eduardo correu da hora em que chegou até o momento em que o colocamos no carro.
O tema da festa foi Safari. Ele ficou encantado com o leão, o tigre, o elefante e demais bichos que decoravam o salão. Havia uma profusão de balões de todas as cores!!! Dudu suspirou umas 100 vezes enquanto explorava o ambiente.
A festa foi maravilhosa!!!!
Aliás, o final de semana todo! Minha amiga estava linda vestida de Sininho (a festa foi à fantasia), minha irmã não parava de sorrir, estava iluminada e meu, não mais bebê, estava MARAVILHOSO, lindo, cheiroso, saudável!!!! Tudo de bom! Final de semana pra ficar na história!
Filho, parabéns! Te amo!!!

26 de ago de 2009

Cantoria

O Eduardo deu para cantar o tempo todo. Músicas que já conhece, músicas inventadas por ele. É uma cantoria que não tem fim.
Ontem eu estava dirigindo com o rádio desligado e ele cantando, cantando. Quando parei no sinal olhei para trás para vê-lo e ele imediatamente reclamou:
"Não mamãe, canta não! Só o Dudu!" E continuou a cantar, cantar......

22 de ago de 2009

A saga para ir à escola continua. Na quinta feira falei para o Eduardo que estava na hora de tomar banho. Imediatamente ele associa à escola. Então começou a ladainha:
"Mamãe tabalá não. Dudu ficá ati a casa vovó Tucha. Icola minhã mamã..."

17 de ago de 2009

Amigos inseparáveis

Quando nasceu Eduardo nasceu ganhou, da minha prima queridíssima, uma almofada de cachorrinho. Ela disse que seus sobrinhos tinham e que não largavam por um minuto sequer. Eduardo nunca deu bola para ela, até este ano. Hoje não dorme sem a almofada, seu "au au", como ele costuma dizer. Se ela está muito suja temos que lavá-la de manhã para que seque à noite.
Em Julho deste ano minha irmã foi aos EUA e trouxe para o Dudu o Tigrão da turma do Ursinho Pooh.
Agora ele dorme com os dois e os carregas para todo lado. São seus amigos inseparáveis!

"Fêzi xixi"

Hoje Dudu tomou banho na casa da vovó Tucha. Minha mãe dá banho na banheira porque segundo ela é mais fácil, não precisa abaixar pra ficar da altura dele.
Assim que o banho acabou a vovó abriu a tampinha para escoar a água e Eduardo soltou a máxima:
"Oh!!!! A banhela fezi xixi!!!!"

15 de ago de 2009

Mamadeira

É incrível como as crianças crescem rápido. A gente vê mas não percebe.
Ontem à noite tive mais um estalo. O Eduardo estava domindo em minha cama. Dei a mamadeira para ele, por vota das 23:30, horário de praxe. Sempre que ele termina de mamar, mesmo estando dormindo, anuncia que acabou. Diz, ou melhor, dizia: "Cabô dedê".
Ontem, quando terminou de mamar falou: "Acabô mamadela".
Fiquei estática. Como assim passou de "dedê" pra "mamadela"?
Daí comecei a me lembrar da evolução desta palavra especificamente:
Dedê - dedêla - dedêlinha - MAMADELA!
É minha gente, meu bebê está crescendo mesmo, graças à Deus! Mas, é tão rápido! São tantas as coisas que acontecem. Algumas passam despercebidas, e também fazem parte deste desenvolvimento. Não dá vontade de perder nem um minuto. Infelizmente, não dá.
A gente perde mesmo. É impossívelacompanhar tudo, registrar tudo...

12 de ago de 2009

Volta às aulas

As aulas do Eduardo recomeçaram. Com 1 semana de atraso por causa dessa bendita gripe suína. Arf!
É uma readaptação. Choro, choro e mais choro na hora em que vê o portão da escola.
Segunda-feira chorou depois que saiu do carro. Terça-feira chorou antes de sair do carro e hoje berrou, grudou no meu pescoço e quase não consegui tirá-lo do carro.
Meu coração fica pequenininho, morro de dó. Se não tivesse dado aula antes (já fui professora de Maternal I) não sei se teria coragem de "abandoná-lo" assim. Pelo menos sei que depois de 2 minutos eles se esquecem da tristeza e só querem sabe de brincar!
A vontade que dá é de parar de trabalhar pra ficar só com ele! São meus lapsos possessivos! Depois passa também.

3 de ago de 2009

Email que recebi

Recebi um email de uma amiga minha e achei lindo! Segue o texto. Espero que vocês gostem!
"Αntєs dє sєr мãє єu dorмiα o quanto єu quєriα, não tropєçαvα єм brinquєdos nєм pєnsαvα єм cαnçõєs dє ninαr. Αntєs dє sєr мãє ninguéм voмitou nєм fєz xixi єм мiм, nєм мє bєliscou sєм nєnhuм cuidαdo coм dєdinhos dє unhαs finαs. Αntєs dє sєr мãє єu nuncα chorєi olhαndo pєquєnos olhos que chorαvαм.Єu nuncα fiquєi tão fєliz coм uмα siмplєs risαdinhα.Єu nuncα fiquєi sєntαdα horαs olhαndo uм bєbê dorмindo.Αntєs dє sєr мãє єu nuncα sєgurєi uмα criαnçα só por não quєrєr αfαstαr мєu corpo do dєlα. Єu nuncα iмαginєi que pudєssє αмαr αlguéм tαnto αssiм. Єu não iмαginαvα quє αlgo tão pєquєnino pudєssє fαzєr-мє sєntir tão iмportαntє.Αntєs dє sєr мãє єu nuncα мє lєvαntєi à noitє α cαdα 10 мinutos prα мє cєrtificαr dє que tudo єstαvα bєм. Nuncα pudє iмαginαr α αlєgriα, o αмor, α dor є α sαtisfαção dє sєr мãє.Єu não sαbiα que єrα cαpαz dє tєr sєntiмєntos tão fortєs. Por tudo є αpєsαr dє tudo, obrigαdα Dєus, por єu sєr αgorα uм αlguéм tão frágil є tão fortє αo мєsмo tємpo.Obrigαdα por pєrмitir-мє sєr Мãє!"

2 de ago de 2009

"Calol do Dudu"

Minha irmã é a madrinha do Eduardo! Ela não mora aqui com a gente e sim em São Paulo com o meu pai. Geralmente, Carol vem a Belo Horizonte 1 vez por mês. Quando Eduardo nasceu fiquei um pouco apreensiva pois tinha medo de que ele não fosse reconhecer a madrinha devido ao longo tempo separados.
Mas o que acontece desde então é exatamenete o contrário. Eduardo é alucinado com a tia. Desde bebê ficava hipnotizado na presença dela. Não conseguia afastar os olhos.
Hoje em dia ele pega fotos dela na casa da mamãe e fica dizendo: "Carol do Dudu, Calol do Dudu"! Fico super feliz com esse amor pela tia.
Este final de semana ela veio para cá. Fomos até a casa da minha mãe para vê-la. No momento em que ele a viu caiu nos braços dela e depois passa o dia inteiro chamando pela tia. Não quer saber de mais ninguém!!!!

1 de ago de 2009

Janela, janelinha, porta, campainha, blim blom

Ensinamos para o Dudu a brincadeira "Janela, janelinha, porta, campainha, blim blom". Ele adorou!!!! Agora ele chega em todo mundo e aponta para os olhos pelo menos umas cinco vezes: "Pota campainha pota campainha pota campainha". Depois para a boca: "Pota". E então para o nariz: "Blim blom"! Sai correndo morrendo de rir.